Lavagem de carros pode custar até 422 euros

As ações recorrentes também incluem a lave o carromas isso não é suficiente para torná-lo uma ação perfeitamente legal, como afirma o decreto legislativo 152/2006 que introduz normas ambientais e o artigo 15 do Código da Estrada que proíbe expressamente a deposição de lixo em terrenos públicos.

Atitudes sem risco são, portanto, ir a um lava-rápido ou lavar o carro você mesmo. Com alguns cuidados, porém, em algumas circunstâncias o carro pode ser lavado com água e sabão. Aqui está o que saber.

Lavar o carro na rua

Argumento muito multifacetado, a começar pelo facto de ser proibido o uso de fonte pública de água e é um aspecto que não deve ser menosprezado, porque quem usa água de outros sujeitos (incluindo o Município) pode ser indiciado por furto.

Por lei, você pode fazer uso de água pública de fluxo livrecomo por exemplo o de uma fonte sempre funcionando, desde que a fonte não esteja suja.

Você também precisa ter certeza de que a água suja não invade as calçadas ou as ruas. O fato de o asfalto estar molhado descumpre a legislação vigente, mesmo que não seja utilizado sabão.

Esses aspectos dificultam a lavagem do carro na via pública e, para fazê-lo em terrenos de sua propriedade, é preciso tomar alguns cuidados.

Lave o carro em um espaço privado

Quem lava o carro dentro de sua propriedade, seja jardim, pátio ou terreno particular, deve ficar atento às descargas de água, aliás:

  • eles não devem acabar em terras públicas
  • eles não devem acabar em canais, rios, córregos ou sistemas de irrigação de outras pessoas

Em outras palavras, águas sujas não devem expor outros recursos hídricos ao risco de poluição.

Outro aspecto a ter em conta é a possibilidade de lavar a viatura numa zona de condomínio que, em princípio, podem ser proibidos por regulamentos internos e, em qualquer caso, a lei não permite que o solo seja sujo.

Nesse caso, por lei, o fato de os espaços do condomínio serem prerrogativa de todos os que ali moram não é suficiente para transformá-los em um lava-rápido.

as multas

Além da hipótese de roubo mencionada no início, as forças de ordem podem aplicar multas de 105 a 422 euros para aqueles que lavam seus carros em terras públicas.

Quem pagar em até 5 dias pode aproveitar um desconto de 30% enquanto, procedendo-se ao pagamento do saldo no prazo de 60 dias, pode ser pago um valor reduzido, mediante o pagamento do valor indicado no auto de infração. Uma vez acionado no sexagésimo dia, o valor da multa deve ser acrescido em dobro.

sim você pode apresentar recurso ao juiz de paz no prazo de 30 dias ou dentro de 60 dias diretamente ao prefeito.

Lavar o carro em um lava-jato ou usar métodos de limpeza a seco que não requerem líquidos ou água parecem ser opções mais fáceis.

Aliás, e com a chegada do verão esta é uma hipótese que não deve ser descartada, resoluções municipais poderiam expressamente evitar lavar o carro devido ao risco de seca.

Similar Posts